Aqui vão algumas dicas para ajudar você a montar seu roteiro para Cusco. Lembrando que o valor em Soles é bem parecido com o nosso Real (para facilitar o cálculo)


1- AEROPORTO

Existe aeroporto internacional em Cusco, pequeno mas existe, então você pode voar até lá.
Paguei em uma circle trip (SP Lima, Lima a Cusco e Cusco a SP) 1200,00 já com taxa. Fiz um e-book para ajudar os viajantes com algumas técnicas bem simples e que fazem toda diferença para comprar passagem. É grátis, para ajudar mesmo.

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O E-BOOK

2- DO AEROPORTO ATÉ SEU HOSTEL

O Aeroporto fica dentro da cidade, e você pagará algo em torno de 30 soles para ir até o centro da cidade. Peça para seu hotel ou hostel enviar um taxi para te esperar, eles fazem isso e já te avisam quanto ficará (não aceite mais de 30 soles).


3- MAL DE ALTITUDE

Cusco está a mais de 3 mil metros acima do nível do mar, e a que eles chamam de mal de altitude vai te pegar nos primeiros dias, então não programe fazer a montanha colorida logo no dia seguinte por exemplo pois ela fica mais alto ainda, deixe 2 dias com passeios mais tranquilos para você ir se adaptando, tome bastante chá de coca e mastigue a folha também. Não compre as pastilhas que eles pedem, as cápsulas que vendem na farmácia é nada mais nada menos que a folha de coca processada e custa quase 50 soles. Compre um saco cheio de folha por 5 soles que vale mais a pena.


4- LOCALIZAÇÃO

Fique aos arredores da plaza de armas, antigamente Cusco era um lago, então o centro ficou na parte plana e o resto da cidade ficou no morro, e é morro mesmo então para não se matar de andar fique na parte plana (você vai me agradecer). Paguei no Hostel Yawarmaki em quarto e banheiro privativo 140 reais na diária pro casal. 


5- CLIMA EM MAIO (QUANDO EU FUI)

Estava calor de dia e muito frio a noite então vá preparado para temperaturas super frias devido a altitude.


6- MELHOR ÉPOCA PARA IR

Melhor época para visitar Cusco é de maio a setembro. O Peru tem 2 estações definidas, verão muito chuvoso e invernos muitos secos.


7- VISITAR A CATEDRAL DE CUSCO SEM PAGAR

Para visitar a Catedral é 25 soles, mas tem missa das 6 às 9 da manhã (de hora em hora), a porta fica aberta e um fiscal fica lá falando que não pode visita em horário de missa, faz a cara de que não é turista e fala que você quer ver a missa e pronto, você entra, conhece e não paga NADA. Procure pelo quadro da Santa Ceia deles, é bem diferente e tem um Cuy (porquinho da índia) como prato principal.


10- BOLETO TURÍSTICO

Para conhecer os pontos turísticos de Cusco você precisa comprar o boleto turístico que custa 130 soles (vale sagrado, sítios arqueológicos e alguns museus) Não inclui entrada de nada católico, catedral, basílicas e afins você precisa pagar a parte, e a salinas Maras também É 10 soles porque é particular.


11- AGÊNCIA EM CUSCO

Não precisa comprar os passeios aqui do Brasil, negocie lá, tem muitas agências, eu fiz tudo pela Machupicchu Peru Company e deu tudo certo.


12- ROTEIRO NA SEQUÊNCIA CORRETA

Eu sugiro a seguinte sequência (museu inca, museu de arte popular, catedral, mercado são pedro, pedra dos 12 ângulos, Plaza de Armas para ir se adaptando e conhecendo a cidade, depois City tour nos sítios arqueológicos, Super Vale Sagrado, Montanha Colorida e por fim Machu Picchu. Desse jeito você estará mais acostumado com a altitude para encarar a montanha colorida e também entenderá melhor as histórias das ruínas incas.


13- CÂMBIO DE MOEDA

Leve dólar e troque por Soles, vale mais. 


14- TRANSPORTE EM CUSCO

Táxi não tem taxímetro, então negocie, para saber o valor da corrida simule uma corrida no app do Uber.


15- SEGURANÇA

É uma cidade muito segura, pode assustar pelas ladeiras e ruas antigas mas é segura. Somente atenção em junho na festa do sol que rola na plaza de armas, locais dizem que eles aproveitam para roubar celular e carteira dos bolsos dos turistas.


16- COMIDA

Se quer comer um lugar bom e em conta, com todos pratos peruanos com tempero bom e lugar limpinho vá no Pachamama fica aos redores da plaza de armas, procure por ele.


17- LEVE SEUS REMÉDIOS

A higiene dos peruanos é diferente da nossa, é fácil ter uma dor de barriga então leve todos seus remédios e também leve manteiga de cacau e naridrin, o frio lá judia um pouco da pele e a respiração é um pouco complicada.


18- NÃO ALUGUE CARRO NO PERU

Não alugue carro lá, use os transportes públicos. eles mesmos dizem que a polícia peruana é tensa, ninguém lá recomenda locar carro sem contar que o trânsito é o pior que eu já vi parece a índia, não vai atravessando na faixa achando que eles vão parar, eles não param e ainda buzinam para você sair da faixa.

Se ainda tiver dúvidas deixe aqui embaixo nos comentários que terei o enorme prazer em te ajudar.