Primeira vez em Buenos Aires? Roteiro completo na capital do tango gastando pouco!

Olá viajantes, recentemente fomos conhecer Buenos Aires, porém estávamos com a grana curta para essa viagem então resolvemos fazer um roteiro bem programado, com passeios gratuitos e descobrimos que conhecer Buenos Aires saiu mais barato do que pensávamos.

Aqui eu monto um roteiro completo dessa nossa viagem e você adapta o roteiro para a quantidade de dias que for passar na cidade, combinado?

Dica importante para estadia, ficamos bem no centro, próximo ao Obelisco e isso foi ÓTIMO pois fizemos muitas coisas a pé, então ficar nessa região seria minha dica de ouro para vocês.

Chegamos pelo aeroporto Ezeiza, fica bem longe do centro de Buenos Aires, não tem muito o que fazer, então já reserve um dinheirinho para o trajeto Aeroporto/Cidade e vice e versa. Como eu estava sem acesso à internet não consegui chamar o Uber, tive que optar pelos taxis ou remis que são transportes como taxis, porém sem taxímetro, ou seja, o valor já é definido na hora que você fecha o transporte e faz o pagamento no próprio guichê, nesse dia o Remis compensava muito mais então já garantimos nossa viagem até o Hostel e foi uma experiência muito boa, e eu indico fortemente, visto os inúmeros alertas sobre taxistas na Argentina.

Dia 1: Câmbio, comprar chip para o celular, conhecer a Galeria Pacífico e Obelisco

Dia 2: Centro de Buenos Aires e Tango

Dia 3: Recoleta e Palermo

Dia 4: Puerto Madero, San Telmo

Dia 5: La Boca e Caminito

Dia 6: Outlats e El Ateneo

DIA 1: Câmbio, comprar chip para o celular, conhecer a Galeria Pacífico e Obelisco

Levamos Reais para trocar diretamente por Pesos Argentinos, dentro do aeroporto trocamos um pouco só para garantir o dia e o táxi e deixamos para trocar no centro de Buenos Aires pois compensa mais. Uma dica legal é que você pode acompanhar a cotação por esse site: http://www.dolarhoy.com/cotizacion-realbrasileno. Nesse site você fica sabendo qual casa de câmbio tem a melhor cotação do dia e se programe para ir até ela fazer o câmbio do seu dinheiro.

Com pesos em mãos seguimos então para a Galeria Pacífico, na rua da galeria que é um enorme calçadão encontramos uma loja autorizada da Movistar, uma operadora muito boa da Argentina, compramos nosso chip (leve seu passaporte ou RG) fizemos nosso cadastro e depois disso colocamos créditos sempre que precisava nas Farmacitys da vida que tem uma em cada esquina. ATENÇÃO, não compre em barraquinhas pelas ruas, existe uma lei na Argentina que é preciso fazer seu cadastro para habilitar seu acesso, se você comprar um chip no aeroporto ou na rua ficará na mão e perderá um tempão tentando legalizar o mesmo, então a dica de ouro é, procure pelas lojas autorizadas Movistar, Claro ou Personal.

Já próximo a Galeria Pacífico, fomos até lá conferir as lojas de grifes e todo glamour que constitui esse lugar, mas como não fomos com muita grana, comprar nesse lugar não era a prioridade até porque achamos tudo muito caro mas vale a pena conhecer.

Como nosso Hostel era próximo ao Obelisco, voltamos caminhando e demos uma paradinha nele para tirar uma foto, a noite ele fica todo iluminado e é bem bonito, além de ser o cartão postal de BA.

Obelisco

DIA 2: Centro de Buenos Aires

Acordamos bem cedo e saímos para bater perna pela cidade, passamos pelo famoso Café Tortoni para experimentar um tradicional Alfajor e já garantir nossa noite do tango, afinal, Buenos Aires é a capital do tango e não podemos visitar a cidade sem assistir a um espetáculo desse. O Café Tortoni é uma das mais tradicionais casas de tango de BA, mas existem outros inúmeros lugares para você escolher. Minha dica de ouro é reservar antes pois o local é pequeno e muito procurado e marque o último horário para que possa jantar antes, pois deixamos para comer durante o tango e as luzes se apagam fica uma coisa muito ruim, então deixe apenas para apreciar um vinho e jante antes do espetáculo.

Centro de Buenos Aires

Seguimos até a Casa Rosada, e em volta ficam outros 2 pontos turísticos muitos famosos que é a Catedral e o Cabildo.

Casa Rosada
Casa Rosada

Atenção, pois a catedral tem um prédio muito diferente das igrejas tradicionais, tivemos que perguntar onde ficava a catedral pois achávamos que era outro lugar.

Catedral

Em frente a casa rosada fica o Cabildo. Cabildo era uma corporação municipal instituída na América Espanhola durante o período colonial que se encarregava da administração geral das cidades coloniais. Hoje o prédio funciona como um museu, e é gratuito, vale a pena conhecer.

Cabildo

Seguimos andando até a Plaza San Martin, lugar em que os portenhos adoram tomar sol deitados no gramado. Lugar gostoso para ler um livro e admirar o verde. Nessa praça fica também a famosa estátua do General José San Martín, general argentino e o primeiro líder da parte sul da América do Sul que obteve sucesso no seu esforço para a independência da Espanha, tendo participado ativamente dos processos de independência da Argentina, do Chile e do Peru.

Teatro Cólon
Plaza San Martin

Voltamos para o Hostel para se arrumar e curtir nossa noite de Tango no Café Tortoni e passamos pelo Teatro Cólon para conhecer e tirar lindas fotos.

Tango Café Tortoni

DIA 3: Recoleta e Palermo

É possível ir do Obelisco a pé até a Recoleta porém estávamos um pouco cansados e tomamos o metrô, afinal andar de metrô em outros países é um passeio a parte que adoramos fazer. Compramos o cartão SUBE, colocamos carga e entramos no metrô sentido a estação Faculdad de Derecho (última estação da linha amarela), super fácil de seguir e muitos pontos turísticos ficam em volta dessa estação, começando com a própria Faculdade de Direito de Buenos Aires, uma linda arquitetura que vale umas fotos de lembrança. Ao lado fica a famosa Floralis Generica, também é de graça tirar uma foto e conferir essa obra de arte do arquiteto Eduardo Catano de perto. Você sabia que ela abre automaticamente e fecha as pétalas, dependendo da hora do dia? Durante a noite a flor fecha e emana de seu interior um brilho vermelho e abre-se pela manhã. Este mesmo mecanismo que abre a flor faz com que esta se feche na presença de ventos fortes. Ele abre todas as manhãs às 8h e termina ao pôr do sol, em um horário que varia conforme a estação.

Faculdade de Direito de BA
Faculdade de Direito de BA
Floralis Genérica

Próximo fica o Cemitério da Recoleta, mas como assim visitar um cemitério? Parece mórbido, mas é um local disputadíssimo para visitação, devido a inúmeras histórias dos túmulos, o famoso túmulo da Evita e a grandiosidade e riqueza que envolve esse lugar. Não consegui entrar pois havia tido um atentado e ficou então proibido a visitação. Minha dica de ouro é que você aproveite o passeio para tomar um sorvete de doce de leite na Freddo que fica na frente do cemitério.

Retornamos para o metrô e seguimos para estação Palermo na linha verde. Demos uma caminhada de 5 minutos e chegamos ao parque El Rosedal, O Rosedal é um jardim de rosas localizado no Parque Três de Fevereiro, gratuito e lindo de se ver. Próximo ao parque tem vários barzinhos que ficamos tomando cerveja artesanal até tarde.

El Rosedal
El Rosedal

Para quem curte balada, em Palermo você encontra ótimas baladas locais com muito Reggaeton.

DIA 4: Porto Madero e San Telmo (Estátua da Mafalda)

Dia de conhecer o famoso Porto Madero, fomos até lá de uber, apreciamos o local, tiramos muitas fotos, almoçamos em um dos inúmeros barzinhos que tem ao lado, conhecemos o parque Mujeres Argentinas e seguimos em uma bela caminhada até San Telmo, mais precisamente onde fica a estátua da Mafalda, personagem famoso da Argentina e tirar uma foto com ela era a minha missão. Feito isso tomamos um bom Fernet com coca (bebida típica dos portenhos) e retornamos para o Hostel.

Puerto Madero
Puerto Madero
Estátua da Mafalda

DIA 5: La Boca e Caminito

O bairro La Boca é bem afastado do centro, optamos pelo Uber mas você pode pegar inúmeros ônibus que vão a todo momento para lá. Chegamos cedo ao estádio do Boca para conhecer, esse foi o único passeio que pagamos de fato, por um preço super justo conhecemos o estádio, a história e seguimos para o Caminito que fica ao lado (só seguir o fluxo). Um bairro pobre e encantador, com muitas cores e lotado de turista. Caminhar pelo Caminito, comer um típico Choripan, e tirar as mais lindas fotos não tem preço.

Estádio do Boca
Tour pelo estádio do Boca
Caminito
Caminito
Caminito
Caminito

DIA 6: Outlets e El Ateneo

Quero escrever esse dia mais como um alerta, apesar de ter ido com a grana curta e ter priorizado apenas a alimentação e alguns transportes, nada chama mais atenção do brasileiro como os OUTLETS mas esse de Buenos Aires é uma tremenda furada, sério, não comprei NADA pois era tudo mais caro que no Brasil, só perdi tempo de loja em loja então não priorize os outlets da avenida Córdoma, prefira inserir um passeio mais interessante nesse dia como esse lugar incrível que é o El Ateneo. Era um antigo teatro que hoje funciona como uma livraria, os livros são bem caros mas a magia do lugar vale a pena uma visita, é fácil de chegar de metrô, só descer na estação verde Callao.

El Ateneo

Espero que tenham gostado e aproveitem muito essa cidade maravilhosa que pretendo voltar em breve.

Se tiver dúvidas me mande um e-mail: contato@viajantesemfrescura.com