Começo esse post dizendo “que lugar!”

Nasca fica no deserto do Peru, é uma cidade conhecida pelas famosas Linhas de Nasca, mas a cidade vai além disso, e pode ser mais misteriosa e linda do que você imagina.

Fica praticamente no meio dos Andes, com o clima bem seco, quase nunca chove, e da cidade é possível ver a majestosa Cerro Blanco, uma duna de areia que se formou em cima dos Andes.

COMO CHEGAR

Fácil de chegar para quem está em Huacachina, pois é só pegar um ônibus da Cruz Del Sur em Ica e em 2 horas você chegará em Nasca. A cidade é bem pequena.

EM QUE LUGAR SE HOSPEDAR

Tem pouca opção em Nasca, mas eu indico o Nasca Travel One Hostel, o seu Anníbal, dono da pousada te busca e te leva na rodoviária na faixa e ainda vende os passeios da cidade. Ficamos em um quarto individual muito bom e o café da manhã é muito gostoso.

DIA 1 – LINHAS DE NASCA

Porque não começar seu dia conhecendo o ponto turístico mais famosos de Nasca, que são as linhas. Não é um passeio muito barato mas é um dos mais procurados. O passeio é basicamente um sobrevoo pelas linhas. Essas linhas são um grande mistério, foram estudadas por anos e várias hipóteses foram criadas. São linhas gigantescas espalhadas pelo deserto que formam vários desenhos. Ninguém sabe ao certo quem desenhou, como desenhou e porque desenhou. Extraterrestres talvez? Nem essa hipótese é descartada por lá.

DIA 2 – PIRÂMIDES DE CAHUACHI E CEMITÉRIO DE CHAUCHILLA

As pirâmides de Cahuachi conta muito da história do povo Nasca, são pirâmides de verdade construídas a séculos. Ir com um guia que conta toda a história faz toda diferença. O passeio custa 45 soles.

O cemitério de Chauchilla foi surpreendente. É um cemitério de múmias, nunca pensei que fosse ver múmias de tão perto na minha vida. Múmias que ainda preservam um pouco de pele nos pés, roupas e parte de cerâmica que não foram saqueadas. O passeio custa 40 soles.

DIA 3 – CERRO BLANCO PARTE 1 – ACAMPAMENTO

Esse é um passeio feito geralmente por quem pratica sandboard, mas se você é aventureiro e gostaria de acampar em uma duna de areia gigante, fazer trilha e ver o nascer do sol então é para você esse passeio também. O passeio custa para o casal 300 dólares, e inclui um guia, equipamento de sandboard, ajudante para subir e descer com suas coisas, todo equipamento de camping, jantar e café da manhã.

O primeiro dia é a subida, você irá fazer uma caminhada de 4 horas entre os Andes e a duna do Cerro Blanco, não é fácil mas também não é tão difícil. Chegando no pôr do sol as barracas estarão armadas e é só desfrutar de um jantar a luz de lanternas e ouvir histórias magníficas sobre o Peru.

DIA 4 – CERRO BLANCO PARTE 2 – DESCIDA DE SANDBOARD

Se você está indo para descer Cerro Blanco de sandboard então chegou o grande momento. Primeiro você descerá umas dunas menores para aquecer e no final descerá quase 1 quilômetro de duna. Incrível experiência, a vista é linda.

O guia que faz esse passeio é o Juan ( https://www.facebook.com/juancarlos.perez.372019 ) ele é uma pessoa maravilhosa, confiável e te proporcionará a melhor experiência no Cerro Blanco.

Se você é um amante de sandboard/snowboard pode esticar o passeio e descer a Toro Mata (maior duna do mundo) que fica em uma cidade ao lado. O próprio Juan pode te levar até Toro Mata. A descida é de 1.8KM

Quem faz o passeio na Toro Mata é o Marco ( https://www.facebook.com/sandboardingtoromataschool/ )

Clique aqui para ver mais passeios no Peru